Serviços

Alinhamento

Alinhamento é o ajuste da posição das rodas na suspensão em determinados ângulos, para garantir conforto, segurança e estabilidade ao dirigir, evitando que o veiculo puxe a direção para um dos lados, e que haja desgaste irregular ou prematuro dos pneus. É recomendável a verificação do alinhamento de rodas toda vez em que ocorrerem fortes impactos como choque com guias, quedas em buracos ou lombadas, a cada troca de pneu, a cada substituição dos componentes da suspensão, quando o veículo apresentar instabilidades e a cada 10 mil quilômetros rodados.

Balanceamento

O balanceamento de rodas é a compensação feita para equilibrar o conjunto de pneus e rodas com a aplicação de contrapesos de chumbo nos pontos mais leves da roda. Entre os problemas mais comuns causados pelo desbalanceamento é o desgaste acentuado e irregular em pontos alternados da banda de rodagem dos pneus, a perda de tração e estabilidade, dificuldade de manter o veículo na trajetória e desgaste prematuro dos rolamentos, amortecedores e terminais de direção.

Cambagem

Cambagem é o ângulo medido na roda em relação à sua inclinação vertical. Dependendo do veículo, este ângulo pode variar de vários graus. É importante que este ângulo tenha o valor especificado pelo fabricante do veículo, e deve ser o mesmo nas duas rodas dianteiras. Este ângulo tem a função de compensar os esforços laterais que ocorrem na roda durante a curva, melhorando a estabilidade do veículo.

Conserto e Reforma de Rodas

As avarias podem ser estéticas como também estruturais. Trincas, amassados ou empenamentos são mais comuns do que se imagina. E podem comprometer a segurança do usuário, se não identificadas e corrigidas rapidamente. Rodas amassadas podem esconder um grande risco à segurança.

Freio

para garantir a frenagem eficaz, é necessário que os componentes dianteiros e traseiros estejam em ordem. Caso contrário, existe o risco do carro não parar de forma eficiente numa emergência. A manutenção dos freios em veículos é de extrema importância, é um dos itens mais importantes da segurança. Realizar a manutenção do sistema de freios é uma NECESSIDADE, salva vidas.

Suspenção

A Suspensão é responsável pela estabilidade do veículo e tem como objetivo absorver as irregularidades do solo, com a função de manter as quatro rodas do veiculo no chão e auxiliar no desempenho do automóvel. Os principais sinais de desgaste no sistema são: Ruídos e batidas nas rodas, Vibrações e direção "puxando", Desgaste irregular dos pneus, Rangidos ao efetuar manobras ou direção "dura".

Molas

molas podem ser trocadas a cada 80 mil, ou seja, a cada duas trocas de amortecedores vale uma troca de molas preventivas, mas atenção, pois existem outros indícios da necessidade, como: Marcas de elos da mola se batendo, Pontos de ferrugem, Pintura descascada, Veículo muito baixo, ou seja, mais perto do solo, Batidas de suspensão ao passar em lombadas, buracos ou valetas.

Amortecedores

Na suspensão temos dois itens principais, que são as molas e os amortecedores. Ambos devem ser inspecionados aos 20 mil quilômetros e possivelmente, conforme a recomendação do fabricante, ser trocado com 40 mil quilômetros. Não existe manutenção para os amortecedores, mas um defeito no sistema pode ser detectado antes que comece a interferir na estabilidade do veículo.

Troca de Óleo

O óleo é responsável pelo resfriamento das peças móveis como pistão, mancais, anéis, engrenagens entre outras. Por isso, a manutenção preventiva, com a troca de óleo e do filtro nos prazos determinados pela montadora é fundamental para garantir o bom funcionamento e a longevidade do motor.